Dilema da capital do minério: Tablet , tabletes, bofetes e confevetes.


Imagem: Eloi Raiol

Educação é o Caminho!

Nossas escolas não precisam ser aparelhadas com tablet e sim com ensino de boa qualidade e professores bem remunerados.

Para alcançar altos índices de aprendizados. O que de fato precisa ser feito é um investimento na qualificação da nossa mão de obra – investimento pesado na formação continuada dos professores .

Depois da qualificação aí vem a valorização salarial, pois se inverter o processo os resultados serão negativos, pois não adianta investir em altos salários se esse profissional não é qualificado pra exercer a função de professor.

Observem que as escolas em tempo integral possuem índices altíssimos de aprovação, mas devemos frisar alguns pontos relevantes:

O Professor foi qualificado e o seu salário é compatível com suas capacitações , as escolas possuem salas miltidisciplinas com aula de informática , monitoramento pedagógico, bibliotecas de excelência, piscinas, laboratórios de informática e ciências, quadras corbetas para as práticas esportivas e aulas de músicas com maestro altamente qualificados.

A minha pergunta é: porque as escolas aqui no município , na capital do minério não tem essa estrutura!?

Os problemas que temos em nossas escolas é fruto de pessomas politicas publicas para educação , com corpo docente despreparados e péssimos gestores nomeados por conchavos políticos e aparelhagem partidária e pior a sociedade não perceberam que os nossos professores são carentes de formação e valorização salarial sendo massa de manobra de projetos políticos casuisticos e fisiológicos uns recebem como nível superior e outros como nível médio – os últimos simplesmente por não serem concursados, mas o trabalho é o mesmo a qualidade e essência do ensino público municipal e pior ainda o estadual não muda .

E o dinheiro que vem pra pagar todos que tem nível superior é enfiado aonde!?

Até quando os nossos mestres irão sofrer com escolas sucateadas, infraestrutura precaria , muita das vezes sem água potável, merendas de péssima qualidade que acabam dentro de 15 dias, transportes escolares caminhando para precariedade e os ônibus praticamente acabados – colocando em risco a vida das crianças.

Meu Deus que tristeza, um município ricooooooo e sustentável economicamente , procurando se endividar em dólar, para um projeto de muita dúvida e incerteza, mas com liderança executiva precaria e incerteza , um município com infraestrutura precaria de soluções técnicas exeqüíveis em sua rede de desenvolvimento da região e o povo sofrendo e gemendo pela falta de gestão na alternativas de desenvolvimento e qualidade de vida .

Chega de soluções palheativas na educação mais uma geração já foi perdida e estamos caminhando para perder mais outra.

Uma cidade rica com um futuro duvidoso .

Lamentável.

Previous Mega Sena 2025 deve pagar R$25 milhões neste sábado (24/03)
Next Resultado da Loteria Federal 05269 deste sábado (24)

No Comment

Deixe uma resposta