Em Curionópolis, produção de cobre da Avanco aumenta 27% no ano


Mina Antas em Curionópolis Foto/Avanco

A Avanco Resources superou a faixa superior de sua meta de produção e chegou a 14.101 toneladas de cobre contido em concentrado em 2017. De acordo com o relatório trimestral de resultados, a produção de ouro foi de 11.366 onças. A mineradora opera a mina de cobre e ouro Antas, em Curionópolis (PA).

A produção de cobre contido em 2016 foi de 11.118 toneladas, ou seja, houve um aumento de 27%, enquanto que a produção de ouro foi de 7.779 onças, o que mostra uma alta de 49% na comparação com 2017. No ano passado, a produção total de concentrado foi de 50.827 toneladas, cerca de 28% maior do que no ano anterior, que foi de 39.794 toneladas.

“Durante o quarto trimestre, a produção passou por problemas com a queda do teor e dificuldades de acesso. Apesar das melhorias feitas na cava, a lacuna deixada por atrasos anteriores na perfuração continuaram a afetar o acesso ao centro da cava onde a confiança em teores maiores e no corpo mineral são maiores. Consequentemente, o quarto trimestre esteve sob pressão vinda principalmente das extremidades do corpo mineral […] que hospedam menos metal do que o esperado”, diz o relatório.

De acordo com o documento, para aliviar essa pressão, e com a produção superando a meta, os gestores da mineradora decidiram reduzir as operações de moagem no fim de dezembro. “O foco das operações passou a ser a lavra e a recomposição dos estoques de ROM [minério lavrado] antes da estação das chuvas, permitindo que a mina consolidasse suas atividades antes da conclusão do novo modelo de reservas minerais”, diz a companhia.

Segundo a empresa, com a terceira plataforma de perfuração completando a frota da empreiteira Maca, o foco no fim do trimestre passado e no início deste ano é acelerar a remoção de estéril para reabrir o acesso para centro da cava.

Custos cresceram

O custo operacional total, conhecido como C1 ou custo desembolsável, no último trimestre de 2017 foi de US$ 2,05 por libra de cobre, ou seja, 30,6% acima do custo registrado no trimestre anterior. No ano passado, o C1 foi de US$ 1,64 por libra, cerca de 49% acima dos US$ 1,10 por libra do ano anterior. (NMB)

Previous Vale entrega novos equipamento para Casa do Mel de Serra Pelada
Next Acumulada: Mega Sena 2010 deve pagar R$48 milhões neste sábado 03