Deputado Wlad, do Pará, chama colega de "gostosa" e pode responder no conselho de ética - Portal NEWS - Notícias em última hora

Deputado Wlad, do Pará, chama colega de “gostosa” e pode responder no conselho de ética

Compartilhe

Uma situação ‘constrangedora’ aconteceu durante a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, na Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (2). A parlamentar Shéridan Oliveira (PSDB-RR) foi chamada de “gostosa” por um colega no início da contagem de votos, que era mais ninguém que Wladimir Costa (SD), do Pará.

Oitava deputada a ser chamada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), Shéridan não estava no Congresso durante a votação. “Deputada Shéridan”, disse Maia. Em seguida, um homem (Wlad) gritou: “Gostosa!”. Maia ignorou a fala sexista e disse o nome da colega mais uma vez antes de confirmar sua ausência.

“Foi um comportamento machista e medieval, além de constrangedor. Sou mulher e mãe de duas meninas. Foi uma delas, aliás, que me informou desse absurdo. Essa atitude resume a maior parte dos integrantes da Câmara: confundem os papéis e não estão à altura de defender o mandato. Se você desrespeita a mulher e a desqualifica, você não respeita a sociedade.” disse a Deputada e uma entrevista ao portal Veja.

Em uma entreviste mais recente à Rádio Guaíba, de Porto Alegre, o parlamentar paraense afirmou que ficaria “feliz da vida” se fosse uma mulher chamada de “gostosa”. Na conversa, ele disparou que “ia ficar passando a língua na minha pele pra ver se eu era gostosa mesmo”.

Shéridan foi chamada de gostosa pelos colegas ao ter seu nome anunciado para o voto
Shéridan foi chamada de gostosa pelos colegas ao ter seu nome anunciado para o voto. Shéridan foi eleita deputada federal em 2014.

“Vou tomar as devidas providências na Comissão de Ética, baseada em um artigo sobre ofensas morais nas dependências da Casa. Combater essa situação é lutar pela defesa e integridade da mulher, não só na política mas na sociedade. Não posso me calar, né? “

Shéridan tem tem 33 anos e foi esposa do ex-governador de Roraima, José de Anchieta Júnior e atuou como Secretária da Promoção Humana e Desenvolvimento em seu governo. Foto: Veja

 

“Nosso Brasil é um celeiro de mulheres bonitas. A gente tem que elogiar, não com esses termos, mas chamando de bonita, de bela. Elogiar suas qualidades, isso levanta a autoestima. Tem tanta mulher gastando milhões com silicone no seio, na bunda, na batata da perna. Eu não sou contra silicone, lipoaspiração, o importante é se olhar no espelho e dizer ‘eu estou linda, eu tenho os seios, a bunda que eu queria'”, frisou Wlad.

Portal Canaã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *