Restaurante e auditório integram projeto de revitalização da sede da Seduc - Portal NEWS - Notícias em última hora

Restaurante e auditório integram projeto de revitalização da sede da Seduc

Compartilhe

Um restaurante e um auditório foram entregues nesta sexta-feira (28), na sede da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), na Avenida Augusto Montenegro, em Belém. Os dois espaços integram o conjunto de obras de revitalização, que inclui reforma e ampliação da sede do órgão, com previsão de conclusão para julho de 2019.

A secretária de Estado de Educação, Ana Claudia Serruya Hage, presidiu a solenidade, ressaltando que fez “questão de iniciar essa obra na sede da Seduc contrariando a corrente de pensamento de alguns gestores, de que não se poderia mexer na sede antes de trabalhar as escolas. Mas os servidores que aqui atuam são tão importantes quanto os alunos nas escolas. E entregar o auditório e o restaurante hoje é um momento que serve para externar o nosso agradecimento aos secretários adjuntos e à equipe de servidores da Secretaria de Educação, pelo trabalho empreendido nesses quase quatro anos de gestão”. A secretária também agradeceu o apoio do governador Simão Jatene na realização de obras destinadas a melhorar a qualidade da educação no Estado.

A entrega desses dois espaços, antiga reivindicação dos servidores que atuam na sede da Seduc, faz parte do Programa de Melhoria da Qualidade e Expansão da Cobertura da Expansão da Educação Básica do Pará. O programa é uma iniciativa do governo do Estado, com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e contrapartida do Tesouro estadual. O governo já concretizou, por meio do programa, o investimento de US$ 324 milhões na área de educação, correspondente a R$ 1,2 bilhão, de acordo com a cotação do dólar em outubro, registrada pelo Banco Central do Brasil.

Desde outubro de 2017, a Seduc atua na reforma e ampliação das instalações do prédio-sede da Secretaria. O investimento de quase R$ 33 milhões em obras inclui o auditório. O projeto completo da sede, com todos os ambientes e serviços de climatização, mobiliário e equipamentos, chega a R$ 50 milhões. A atual gestão da Seduc deixa cerca de R$ 100 milhões em caixa para a conclusão de obras financiadas pelo BID.

Homenagens – O restaurante é fruto de um investimento de R$ 1,5 milhão. O espaço, com área total de 784 metros quadrados, tem capacidade para atender 126 pessoas simultaneamente; banheiros, inclusive para pessoas com deficiência; acessibilidade e cozinha completa, e serviços de climatização e mobiliário.

O espaço recebeu o nome de “João Augusto Nunes da Silva’, uma homenagem da Seduc ao servidor que faleceu em plena atividade em 8 de novembro deste ano, aos 57 anos de idade e 33 anos de serviços prestados à Seduc, como servente e inspetor escolar.

“Esse é o reconhecimento ao trabalho que o João fez pela educação do Estado”, afirmou a agente administrativa da Seduc, Marizete Nunes de Oliveira, irmã de João Augusto. A mãe do servidor, Eunice Nunes, 80 anos, disse que “homenagem assim é difícil de acontecer. Fico muito grata”.

O educador Dionísio Hage, que foi secretário de Estado de Educação de março de 1979 a fevereiro de 1982, também foi homenageado. O auditório recebeu o nome do educador, pai da atual secretária Ana Claudia Hage. O auditório tem 1.702 metros quadrados, 333 lugares, três salas multiuso, lanchonete, quatro espaços específicos para pessoas obesas, quatro para pessoas com mobilidade reduzida e sete para cadeirantes. Também dispõe de banheiros masculino e feminino, copa, climatização e sonorização.

Por Eduardo Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *