Quem busca atendimento de saúde nas Unidades de Saúde Pública na cidade de Curionópolis, Sudeste paraense, se depara com a precariedade no atendimento oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) a população do município.

Ouvida pela comunidade os relatos de quem depende da rede de saúde pública é de revolta e indignação. Os moradores denunciam descaso e abandono do poder público com os moradores que utilizam a rede pública em busca de atendimento de qualidade mais se depara com a precariedade do serviço oferecido.
Segundo o morador do bairro Jardim Panorama, o pedreiro José Aldo relata que a população carente do município sofre com o atendimento oferecido a população que busca atendimento nas unidades básicas de saúde da cidade. Muita gente pernoita em frente as unidades de saúde em busca de atendimento e muitas das vezes encontra o prédio de porta fechadas.

“É uma calamidade, a população que paga seus impostos para ter seus direitos garantidos sofrem com o descaso do poder público no que se refere atendimento de saúde de qualidade. O péssimo atendimento é oferecido em toda rede, gente passando mal na fila do hospital e muita das vezes volta pra casa sem atendimento. Isso é uma vergonha!”  Ressaltou o José Aldo.

Além do péssimo atendimento a comunidade denúncia ainda a falta de investimento em matérias hospitalares o que tem gerado caos onde deveria haver atendimento de qualidade. Em Curionópolis, a saúde pede socorro, o que tem deixado a população revoltada denunciando a precariedade no atendimento do Hospital Público.
Os usuários do SUS reclamam que no Hospital de Curionópolis não há atendimento médico e que a população muita das vezes retornam para casa sem passar pela consulta ou com o problema de saúde resolvido.

“Não há profissionais para atender a demanda do município.   Há população está morrendo à míngua sem atendimento de qualidade prometida pela atual gestão do município durante a campanha eleitoral. São idosos e crianças passando mal nas imensas filas formadas na porta do Hospital e das Unidades de Saúde que muitas das vezes nem atendimento tem. Cadê o poder público que está deixando a população sem saúde?” Questiona a dona de casa Maria de Lurdes Ribeiro.

Sem saúde de qualidade a população aguarda um posicionamento da Secretaria Municipal de Saúde para a solução do problema que tem afetado a população que anseia por atendimento de qualidade, direito garantido por lei.

Portal Canaã, Com informações do Pebinha Tudo de Bom