Royalties acabam de cair na conta; veja valores


A Associação Paraense de Engenheiros de Minas (Assopem) divulga em primeira mão os valores que a Agência Nacional de Mineração (ANM) acabou de depositar na conta das prefeituras de municípios mineradores. As remessas foram mandadas ao banco esta tarde. No mês passado, o crédito foi efetuado no dia 8.
Agora, as prefeituras vão passar o final de semana bem abastecidas e revigoradas com os recursos da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (Cfem), ou simplesmente royalty de mineração, em “tradução” apelativa e moderna.
Algumas curiosidades foram registradas para as “gigantes” da Cfem (prefeituras de Parauapebas, Marabá e Canaã dos Carajás) neste mês de abril, cujo crédito é oriundo da lavra de minérios realizada em fevereiro.

PARAUAPEBAS

A Prefeitura de Parauapebas recebeu R$ 3 milhões a menos que no mês passado. Ainda assim, é o maior valor entre as prefeituras dos municípios mineradores: R$ 27,7 milhões em royalties.

CANAÃ DOS CARAJÁS

É o município que tem a prefeitura mais próspera na arrecadação da Cfem. Enquanto a vizinha Parauapebas perdeu R$ 3 milhões de um mês para outro, Canaã acabou de abocanhar mais de R$ 3 milhões em relação a março, totalizando quase R$ 11,9 milhões. É o recorde dos recordes.

MARABÁ

Acabou de ver entrar quase R$ 4,2 milhões, menos da metade dos royalties de março. Esse é o menor montante recebido pela Prefeitura de Marabá desde julho do ano passado.

(Assopem)

Previous 30% das empresas de ônibus urbanos estão à beira do colapso
Next Prefeitura de Canaã incentiva a economia sustentável e investe em alternativas para diversificação

No Comment

Deixe uma resposta